domingo, abril 12

Quero andar a pé! Posso?

Há um blogue chamado Passeio Livre que deu início a uma acção directa contra o estacionamento dos carros nos passeios. Para isso emitiu um autocolante para ser colado nos carros estacionados sem respeito pelos peões. Quem quiser pode mandar um email a pedir autocolantes.

7 comentários:

CybeRider disse...

Então e os autocolantes não conspurcam a natureza? Depois não vem de lá o gajo da ecologia com autocolantes recicláveis a dizer que...

Ou o melhor não era esperar pelos meliantes e dar-lhes logo uma carga de pancada? E furar-lhes os pneuzitos, e riscar-lhes a pintura de ponta a ponta (como faz um vizinho), ou partir-lhes os vidros, ou deixar um papel (que sempre é biodesagradável) a dizer que vá para a PQP que no passeio passeio eu, e cravar-lhes pregos nas mãos e nos pézinhos e prendê-los no meio da estrada, e cortar-lhes o cabelito à tigela?

Que nem todos temos para a vivenda com garagem.

E já me vou autoflagelar que deixei o carro no passeio porque senão tinha que o deixar no meio da estrada, onde vinha de lá o gajo dos autocolantes outra vez e me colava um raio do autocolante na testa, e o polícia com o talão da multa e o reboque, que a estrada é para os carros circularem. Vou VENDER a porcaria do carro e acaba-se a porcaria da perseguição. Inventem-nos de meter na algibeira! Ofereçam uma carta de condução ao gajo dos autocolantes. Sei lá!

Pois, que está todo riscado, tem os penus remendados... Pronto, eu mudo os vidros...

Compras? Compras? Compras?

Um Gordo que estaciona bem disse...

Vou editar um autocolante contra esse autocolante. Porque é que a figura que sai desse carocha mal-estacionado é um gordo? Há porventura um estudo infalível que conclua que os maus condutores têm uma configuração mais curva, ou trata-se apenas de mais um preconceito? Pelo direito ao toucinho, contra a 0 passeio livre preconceituoso!

CybeRider disse...

Errata:

Penus = pneus (carecas...)

luisM disse...

É bem verdade, também reparei que o passeante atravessante da passadeira tem um top que lhe não tapa o umbigo. Os fininhos não se sentem incomodados? E os baixos? E os altos? Só posso entender o anafado exagerado do passeante, como símbolo dos transeutes, se o autor do autocolante for míope sem ter notado. Sr Ogre era uma pergunta a fazer ao seu conhecido bloguista. Bom, pronto, a não ser a representação constitua um autoretrato! Mas a gente não adivinha, não é?

CybeRider, se conseguir vender o seu chaço por bom preço, não se esqueça de mim, que também tenho um com características semelhantes. Os tempos não estão para vendas, mas para compras, dizem os especuladores (mais uma actividade com face positiva na crise), por isso parece-me que vai ter de encontrar alguma paciência para não oferecer o dito cujo espada. Mas se conseguir, estou na frente da lista, repito...

Agora outra coisa, quem foi a grandessíssima aventesma que escreveu usando o meu nome? Numa imitação barata do estilo mangericão que me caracteriza, que, enfim não enganaria as pessoas sensíveis e cultas, mas o que é facto é que aí atrás houve aldrabice.

Sr Troll e sr. Ogre, acho que deviam limpar a casa, ou queixo-me à ASAE, comecando pela Deco. Temos de ter cuidado com os visitantes abusadores.

E tu ó aventesma, aparece para eu te picar os rins! Ou isso, ou riscar-te o carro todo!

CybeRider disse...

Caro luisM, garanto-lhe que se houver tanso que me estique um pequeno maço de notas, o caro concomentador será o primeiro a chegar-me à ideia, aliás pedirei logo um macito para si. Que isto mais coisa menos coisa a malta já nem precisa de ver o bólide para saber que os dentes já não são grande coisa, pelas descrições.

Mas, enquanto vendo e não vendo, vou passar a andar com uma lata de alcatrão. Cada vez que o carro me cair num passeio alcatroo logo aquilo, quero ver quem se me venha cá queixar do meu PDM (Passeio Demolido Manualmente)

(Vou lá agora andar a raspar cola dos -poucos- vidros...)

luisM disse...

Pois muito agradeço a lembrançazita, não é por acaso que pertencemos ao âmbito daquela Associação dos Cidadãos Automobilizados.

Quanto à sua ideiazita da latinha de alcatrão, pois é muito bem apanhada, sim senhor, mas talvez um pouco trabalhoso e, se calhar, pouco económico. Então e se a latita fosse substituída por uma daquelas telas betuminosas que se usam para isolar as empenas? É alcatrão na mesma, com a vantagem de ser enrolável e desenrolável como nos aprouvesse. Com uns retoques, uma pintura a imitar o lancil, para a ilusão ficar perfeita, penso que se poupava nas multas, porque o bólide ficaria sempre bem estacionado, junto ao passeio.

Pense nisso, e considere uma retribuição em reconhecimento pelo seu apoio no negócio de automóveis usados.

(eu deixo ficar mesmo sujo, para os vidros não escorregarem pelas portas dentro)

Conceição Duarte disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk Adorei o adesivo com o barrigão do cara mostrando em destaque o seu próprio umbigo!
Parece que quanto mais fazemos campanhas para educar, mais os "barrigudos cheios de umbigo" e mal-educados, fazem questão de não de entender os sinais do trânsito. Aqui, um pisca pisca não significa absolutamente nada! Eles não entendem a linguagem do trânsito. Estacionam onde bem entendem ao seu ble prazer... E assim, vivem como se fosse os únicos no mundo a possuir um automóvel e parecem ser os donos da rua. É impraticável dirigir hoje em dia. Aqui em São Paulo, vcs não fazem idéia do caos que isto está/
Um grande beijo, te achei no Varal de Idéias do P.L e vamo que vamo!
Bjks,
CON