quarta-feira, maio 27

Marcas do tempo?


Pouco a pouco, as palavras vão-se esvanecendo no significado e na forma. Permanecem apenas na memória, sujeitas à construção de imagens turvas e imprecisas.

4 comentários:

Conceição Duarte disse...

Pois é, acredito que atá a memória ande mal das pernas... hehehe

um beijo con

CybeRider disse...

Curioso que ainda o vejo encostado à esquerda, no enquadramento. No entanto no plano intrínseco está encostado à direita. A realidade é o que vemos ou é outra? Onde pára a verdade?

Marreta disse...

Epá, mas parece que a foice e o martelo teimam em não se esvanecer...

Saudações do Marreta.

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para meu projeto da minibiblioteca comunitária e outras atividades para crianças e adolescentes aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todas as pessoas de bom coração,pode doar de 5,00 a 20,00.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com