segunda-feira, março 9

Roteiro para a Inclusão


(boneco de Michael Witte)

Presidente defende diálogo entre empresas e trabalhadores para evitar fechos. (no Público)

O que seríamos nós, simples criaturas, sem o sr. Silva?

3 comentários:

Chapa disse...

O senhor Silva considera que os trabalhadores devem emprestar dinheiro ao patrão, como forma de viabilizar a empresa.

luísM disse...

Ó sr. Chapa, caramba, então devia ser o patrão a emprestar dinheiro aos trabalhadores? Aquilo é gente sem cheta, sem aval e sem garantias. Na volta não pagavam o empréstimo! O patrão não, pois claro, tem contas nos bancos, propriedades e é, por isso gente fiável. Se eles até, quando não podem pagar aos empregados (desculpem, colaboradores), fecham as empresas, só para não ficarem a dever a ninguém1 Além do que os trabalhadores são sempre mais que os patrões e por isso, todos juntos, numa vaquinha bem esmifrada, podem juntar o suficiente para emprestar uma quantia decente ao patrão. O inverso é desumano!

saudações

PITOSGA disse...

Outra vez o Silva?